Otimização das coleções foi palavra de ordem na feira

Ao invés da ampliação, a otimização do apelo comercial – com um toque de liberdade e criatividade maior no visual merchandising. Foi com este espírito, que a Fenin Fashion RS encerrou suas atividades no último dia 27 de janeiro, no Serra Park, em Gramado. Respondendo à trajetória desenhada pela economia em 2016, a feira apresentou um formato mais sucinto: foram menos marcas, enfatizando públicos com comportamentos de consumo mais consistentes (a mulher madura, o plus size, e principalmente o masculino), e um mix denim composto por coleções mais enxutas – refletindo nas escolhas, peças-chave que realmente apresentam giro para o varejo de moda na temporada de frio.

Logo, a feira funcionou como um termômetro prévio, dos produtos, segmentos e estilos que se mostraram mais consistentes. Como exemplo, tivemos a Sawary, que desvencilhou-se de complementos como linhas de óculos, fitness e sapatos nesta edição, para jogar todas suas fichas no jeans. Das marcas importadoras e Chinesas, outro apontamento – a camisa denim com apelo superior à calça jeans, no Inverno 2017. Uma convicção tão forte, que fez com que nomes como A Favorita, apresentassem em seu stand ítens em denim apenas para a parte superior do look – ficando a parte inferior reservado para o ciclo de verão.

O agrupamento mais “sequinho” de marcas de jeans no entanto, não deixou a desejar especialmente no valor imaterial comunicado nos espaços. Paredes com visual de índigo lavado, calças penduradas em cordas, tapetes de patches e mesmo pilares forrados com jeans em diversos acabamentos somaram ânimo e criatividade ao evento. Foram menos visitantes, porém representantes ocupados com contatos e pedidos – indicando o comparecimento de um público mais profissional.

Além de funcionar como uma vitrine sinalizadora quanto às estratégias mais seguras para os varejo de moda, a feira como sempre, sintetizou as tendências mais comerciais para a estação. Neste quesito, a modelagem flare dialogando com peles, o mix militar, os bordados florais , a jaqueta essencial com pelos na gola, os patches de logotipos e a camisaria masculina com micropadrões foram as principais apostas das coleções.

Fonte | Assinatura: VIVIAN DAVID/VIVIAN DAVID

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
SIGA-NOS!
Newsletter

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece na fenin?

Inscreva-se!

    Destaques
    Popular
    tags
    Mais Lidos da Semana