Grupo Zune investe em sua marca conceito, a Rock&Soda

Passeando pelos corredores do Mega Polo, Shopping de Atacado no Brás, em São Paulo, uma loja chama atenção em meio às opções disponíveis no segmento jeanswear. É a Rock&Soda Lab, novo conceito de distribuição no atacado da marca que faz parte do Grupo Zune e, que se especializou no denim premium. Esse primeiro projeto foi inaugurado em outubro e aposta no jeans de qualidade e estética em um nível que até então não havia sido feito no mercado do Brás.

As peças, cujo valores vão de 99 à 119 reais trazem tecidos de qualidade, modelagens estudadas e lavagens diferenciadas. As etiquetas by Tecnoblu são confeccionadas no couro padrão exportação, além disso há 42 pontos de travete, que reforçam as costuras das calças – o mercado normalmente utiliza em média 36. “Trabalhamos com detalhes como forro de bolso, qualidade de linha, pontos de polegada para uma melhor amarração, botões e rebites feitos de materiais nobres”, afirma o gerente da loja, Tom Chrizzi.

Todos os acabamentos foram pensados de modo a valorizar a peça em seus mínimos detalhes e oferecer o máximo de conforto. A marca escolheu dois tipos de tecidos com construções diferentes – rígidos e flexíveis, sendo que alguns possuem até 3% de elastano e alto power. Para os forros dos bolsos são utilizados artigos 100% algodão, personalizados. As costuras também receberam todo o cuidado necessário. Os pespontos são feitos com a linha 25, e para a amarração, a 36. Além disso, são utilizadas agulhas com ponta bola de aço rápido que evitam o aquecimento e rompimento dos fios de elastano. Todas as calças tem o cós anatômico e 82cm de entrepernas.

[su_custom_gallery source=”media: 735,736,737,738,739,740,741,742,743,744,745,746,747,748,749,750″ link=”lightbox” width=”100″ height=”120″]

“É verdade que nos preocupamos com detalhes que são invisíveis para a maioria de nossos clientes, mas nosso compromisso não é somente com aquilo que se vê, mas sim com todos os pontos que podem tornar a calça melhor”, comenta Tom.

São três linhas divididas entre Italy, que recebe mais processos em lavanderia, em um conceito mais moderno, Japan, vintage, original e com tradição e America, com destaque para o conforto. Cada uma ganha etiqueta referente ao país.

Nas peças da coleção Japan os efeitos são mais artesanais tanto no dianteiro quanto no traseiro da calça, os tecidos são rígidos e com resinados, com bigodes em 3D e, remetem ao jeans original dos século XVII. As etiquetas de cós e os metais ganham desgastes em lavanderia e os bolsos traseiros não tem filigranas. As modelagens são slims.

Nas calças da linha Italy as lavagens surgem com efeitos destroyers com puídos, aplicação de patchs e cerzidos. Os artigos variam de 9oz a 11oz com elasticidade intermediária. Os bolsos traseiros recebem filigranas com R estilizado. Os shapes são skinnies.

Na linha America os processos são mais suaves e naturais onde prevalece o conforto e alto power. Os bolsos traseiros ganham filigrana bordada com linha ultra fina. Aqui a modelagem é super skinny.

A loja traduz toda essa modernidade e conceito diferenciado com calças expostas como se fossem obras de arte, rolos de tecido, painéis com elementos de um atelier de costura e lindos saquinhos de tecido, onde são acondicionadas as peças. Tudo isso em meio à um ambiente clean de madeira rústica e no tom branco que convida os clientes a uma experiência única e diferenciada.

FONTE: Vanessa de Castro | Fotos: Equipe Guia JeansWear

(Originalmente publicado por Guia JeansWear,  06/12/2017 13:56)

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
SIGA-NOS!
Newsletter

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece na fenin?

Inscreva-se!

    Destaques
    Popular
    tags
    Mais Lidos da Semana